quarta-feira, 9 de março de 2011

CARNAVAL é uma merda..

Sério que tem gente que gosta disso?

Tá é bonito, colorido e tal, tem festa, muita farra, bebedeira, pegação.

Na boa, e acho que a única parte boa do carnaval é o feriado.

Não é que eu não goste de farra e bebedeira. Gosto sim.

Mas no carnaval o povo fica louco. Bebem fora do comum e beijam qualquer pessoa sem dente. Transam sem camisinha, pegam AIDS.

Existem vários tipos de carnaval. O carnaval do Rio e de São Paulo que tem desfile, mulheres peladas, carros alegóricos que se mexem, muito glitter, pessoas famosas bebendo, samba ao vivo, milhões de reais em penas de pavão e confetes.

Existe o Carnaval de Porto Alegre, que tenta imitar o carnaval do Rio, também tem desfile, mas é uma merda. Mas a cachaçada é a mesma, então valhe igual.

Além desses carnavais, tem aquele estilo micareta lá do nordeste. O trio elétrico com a Ivete Sangalo vai na frente e todo mundo vai atrás. Pagam 400$ por um abadá, e ficam lá sentindo cheiro de mijo.

Não é a toa que eles fazem até campanha ‘não mije na rua’. Olha o nível da coisa, tem que fazer CAMPANHA para as pessoas não mijarem na rua. Eu não sei, mas acho que as pessoas deviam ter consciência disso sem precisar fazer campanha não acham? É o fim do mundo isso, ter que pedir pro povo mijar no banheiro.

E mesmo assim não adianta muito, todo mundo mija na rua.

Imagina três milhões de pessoas na rua, pulando, suando, se pegando, bebendo e depois mijando.. sinta que agradável o perfume da asa e da mijadeira da galera.

Fora àquelas pessoas que compram bebida que já vem premiada. Uma dose de droga e o cara fica bem louco, acorda no outro dia de manhã numa banheira cheia de gelo e sem um rim.

Ou acordam num quarto de motel com 7 caras diferentes. Como faz daí?

O interessante é que tem gente que nem se droga e mesmo assim transa com 7 ou mais pessoas.

Carnaval é sinônimo de PLORIFERAÇÃO DA AIDS. E depois a mídia faz campanha: ‘após o carnaval, faça teste de HIV’ vergonhoso não é?

--

Isso que eu nem falei dos outros carnavais, de Olinda, o frevo e essas coisas todas.

E depois que todo mundo bebe até cair, faz sexo sem camisinha, pega AIDS, fica pobre de tanto gastar em festa, o cara ainda consegue pegar um carro e morrer num acidente de trânsito.

Morrer ainda é o de menos, pior é sair matando. Que lei seca o quê, Carnaval vai além das leis.

É a mesma coisa quando vou assistir TV globinho de manhã, um programa INFANTIL, e de repente aparece a ‘globeleza’ que nada mais é que uma mulher completamente nua sambando, pintada apenas com tinta e glitter.

Ah porque isso é cultural, e bla bla bla.

CULTURAL? Ta, tudo bem que o Brasil ganha uma grana com os turistas que vem de fora só pra ver as mulheres nuas.

Mas isso é incentivo ao turismo sexual. Não acho que vale sujeitar as mulheres brasileiras a isso.

O governo investe milhões no carnaval e isso só faz o Brasil parecer um grandessíssimo puteiro.

Enquanto os senadores analfabetos, votados pelos também analfabetos eleitores, roubam dinheiro público, o povo fica assistindo desfile de carnaval.

A única parte boa do carnaval é o feriado. Não fazer nada, dormir, assistir filmes, namorar, comer, estudar, ler, ficar na internet, isso é tudo que dá pra fazer no feriado caso você não goste de carnaval.

Sei lá, faça uma festa na sua casa.

Carnaval é uma merda..

Beba com moderação e use camisinha.

Não faça xixi na rua e faça o teste do HIV.

3 comentários:

  1. MEUDEUZ MAS QUE CARNAVAL É ESSE QUE TU FREQUENTA? "Bebem fora do comum e beijam qualquer pessoa sem dente. Transam sem camisinha, pegam AIDS."
    QUE ISSO? JCHFBIWUERFHOWEOFJWEOF
    ISSO NO MEU TEMPO SE CHAMAVA ORGIA.

    De boa, nao vou ficar aqui escrevendo linhas e linhas. O que importa é, carnaval é uma marca brasileira, quer tu queira ou não. Se olhar pelo lado ARTISTICO, é uma coisa bem bonita sim.
    E AIDS, pessoas desdentadas, drogas e tudo mais... Isso vai de cada um, há campanhas, há formas de prevenção e principalmente há escolha de cada um. :)

    ResponderExcluir
  2. Concordo em gênero, número e grau com o texto, apesar de ter alguns "exageros" - que, ao meu ver, são parte da forma de escrever do blog.

    Carnaval não é nem de longe a "cultura" (dá pra chamar assim? I don't think so...) mais rica e interessante do Brasil. Eu colocaria aí na frente umas 50 com facilidade.

    ResponderExcluir
  3. E na verdade essa mina ai do video não gosta de carnaval por que é #foreveralone Ninguem quer ela! JHDSFOIPEWFKWLE

    ResponderExcluir